Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 27 de abril de 2010

Por violência, EUA desaconselham viagens ao litoral de SP

O governo dos Estados Unidos recomendou que os turistas americanos "evitem viajar" para quatro das maiores cidades do litoral paulista até que a onda de violência da última semana esteja encerrada. O comunicado divulgado pelo Conselho Assessor de Segurança no Exterior (Osac), órgão do governo dos Estados Unidos responsável pela segurança dos americanos no exterior, cita as cidades de Santos, Guarujá, São Vicente e Praia Grande e é baseado em informações coletadas pelo consulado americano em São Paulo. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Além de ser veiculada no site da Osac, a nota é divulgada a todos os cadastrados no órgão, como agências de viagem. A última vez em que foi emitido um alerta semelhante sobre cidades paulistas foi em 2006, após a segunda onda de ataques do Primeiro Comando da Capital (PCC). O comunicado desta semana foi motivado pela série de seis assassinatos em três dias no Guarujá na semana passada. Com medo da violência, aulas foram suspensas e parte do comércio fechou as portas. A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou que a situação nas cidades citadas "está sob controle".


E depois nossos politicos querem transformar o Brasil em país de 1º Mundo.

Então deixem de tanta corrupção e trabalhem para transformar o Brasil, bando de hipocritas.

segunda-feira, 26 de abril de 2010

A Impunidade

Olá amigo...

Esses dias deixei a moto de lado e fui dar uma volta na feira de Marilia no Domingo.
Tudo muito interessante, mas notei uma coisa, o pessoal não coloca o preço em suas mercadorias, ou seja, não é possivel saber se o Zé do Tomate está vendendo mais barato ou caro do que a Maria do Tomate.
Até onde me lembro foi designado em Marilia por lei que todos os feirantes deveriam colocar os preços em suas mercadorias.
Teve outra coisa que me intrigou mais ainda: não se pode nem parar no bolsão que já vem um: " O tio 2 real pra cuidar da caranga. É pra ninguem arranhar.".
Neste momento fico indignado, pois pagamos um imposto absurdo e nem podemos andar tranquilo ou estacionar tranquilo.
Para finalizar não entendo até hoje porque existe guarda municipal em Marilia, pois eles não orientam o transito, só multam a torto e a direita e ainda mais, só ficam no celular, assim já é demais.

Fica aqui a minha indignação.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Banda larga vai chegar a todas as cidades da região Norte até o fim de 2010

Por Redação do IDG Now!

Publicada em 14 de abril de 2010 às 21h26
Atualizada em 14 de abril de 2010 às 21h28

Previsão é de representante do Ministério das Comunicações, que culpa impostos e custo da infraestrutura pelo encarecimento do serviço.

A região Norte terá banda larga em todos os municípios até o fim de 2010, disse nesta quarta-feira (14/4) o gerente de projetos da Secretaria de Telecomunicações do Ministério das Comunicações, Jovino Francisco Filho.

Segundo Francisco Filho, que participou nesta quarta de audiência pública da Cãmara dos Deputados, as metas estão sendo cumpridas, porém os impostos da região encarecem a instalação e inviabilizam a contratação do serviço pela população.

"O alto custo da região Norte é consequência da falta de infraestrutura de backbone óptico", disse O gerente, que foi um dos representantes ouvidos pela Comissão da Amazônia em audiência que discutiu os serviços de internet e de telefonia fixa e móvel nos Estados do Amazonas e do Pará.

Também presente na audiência, o representante da Associação Nacional das Operadoras de Celulares (Acel), Luiz de Melo Junior, até 2016 60% das cidades brasileiras com menos de 30 mil habitantes terão acesso à banda larga.

(com Agência Câmara)

Corrida na terceira idade

Veja dicas de especialistas e entenda como deve ser feita a atividade para quem já passou dos sessenta


Por Maurício Belfante

Depois de alguns anos, quando a idade chega, algumas coisas no corpo tendem a mudar com relação à juventude, e os cuidados com o bem-estar físico e mental são ainda mais necessários. A realização de exercícios físicos, desta forma, se torna essencial, tanto para reforçar a parte muscular e óssea quanto para deixar a mente sã para novos anos de vida.

Porém, como quase tudo relativo à terceira idade, a evolução nos esportes também deve acontecer com amadurecimento e sabedoria, nunca almejando fatos além da capacidade atual ou na qual o corpo não o permita. Então, para que tudo ocorra bem, é de extrema importância que o indivíduo realize exames periódicos com um médico, que irá avaliar a potência do seu corpo e qual carga ele pode suportar.

Logo após completar essa etapa, é altamente recomendável a procura de um profissional do esporte, que auxiliará o atleta durante o exercício. “É importante a presença de um profissional, pois ele é o único que pode dar o suporte necessário ao corredor idoso em qualquer situação”, diz Rodrigo Lobo, diretor técnico da Lobo Assessoria Esportiva.

Com calma se vai longe
Três aspectos da corrida, que são importantes para qualquer atleta, ganham ainda mais destaque para corredores que já passaram dos sessenta. São eles: o volume, que é a quantidade de quilômetros treinados, a intensidade, relativo à força exercida pelo atleta durante as passadas, e a frequência de treinamento, que varia de acordo com a disponibilidade semanal do indivíduo.

Esses três itens variam de acordo com o físico de cada pessoa. Porém, Lobo afirma que é possível ter uma ideia da média de treinamento semanal relativo à esta idade. “É necessário para o idoso realizar treinos de corrida no máximo quatro vezes por semana, com o tempo de 30 minutos, em uma frequência moderada ou leve”, afirma.

Uma das principais virtudes da melhor idade é saber utilizar a calma e a paciência adquiridas ao longo da vida. Desta forma, não deixar a afobação tomar conta durante a corrida é o mais indicado, já que a pressa excessiva pode afetar o corpo do indivíduo, causando até mesmo algumas lesões.

“O idoso tem que pensar na saúde em primeiro lugar e, por vezes, até esquecer um pouco sua performance na corrida, pois a melhor maneira de manter uma boa saúde é realizando o que está no seu parâmetro”, alerta o fisiologista Raúl Santos de Oliveira.

Prazer pela saúde
Para conseguir elevar a saúde não basta apenas seguir rigidamente os treinamentos ou levar o exercício físico muito a sério. O idoso deve fazer com que a prática da corrida se torne para ele algo prazeroso, já que, quanto mais gosto tiver pelo que faz, mais bem realizada e mais consequências positivas ela trará.

Feita de forma consciente e respeitando os limites impostos pela idade, a corrida só trará benefícios para o atleta. A prática do esporte pode influenciar nos seguintes aspectos:

• Melhora na pressão arterial;
• Melhor autonomia física e mental;
• Menos estresse;
• Menor peso e, consequentemente, menor sobrecarga na coluna e articulações;
• Manutenção óssea e muscular;
• Perda de peso;
• Regulação do sono e do sistema digestivo;
• Melhor controle do diabetes.

Uma caminhada, aliada com alimentação balanceada, pode ser uma boa pedida para ajudar na evolução dos esportistas da “melhor idade”. É importante, entretanto, que o esporte seja executado de maneira correta. Fatores como vestimenta adequada, boa hidratação antes, durante e depois do exercício, evitar lugares poluídos e não correr em jejum só trarão benefícios.

terça-feira, 13 de abril de 2010

TechDay Marilia 2010

No sábado de 10 de abril de 2010, foi realizado em marilia o TechDay Marilia 2010 um dia de palestras sobre ferramentas de tecnologia para desenvolvedores.
A base de todas as palestras foram sobre ferramentas da Microsoft.
O dia foi muito interessante por saber que temos tecnologias de soluções muito avançadas e ainda mais por saber que estas tecnologias estão começando a ficar de forma mais acessivel.
Parabéns a Univem por ceder o espaço, otima iniciativa, pois nossa região é extremamente carente quando se fala em tecnologia.

Um grande abraço a todos.
Ocorreu um erro neste gadget
Ocorreu um erro neste gadget